today-is-a-good-day

A importância dos Manguezais para o meio ambiente brasileiro

manguezais

Os manguezais são um dos ecossistemas mais importantes do planeta, sendo essenciais não só em aspecto ambiental, mas também em nível socioeconômico. Além de ser fundamental para o equilibro ecológico e habitat de animais com grande valor ecológico e econômico, os mangues apresentam diversas importâncias. Vamos falar mais sobre elas?

O que é?

O manguezal, ou mangue, é um ecossistema costeiro, de transição entre os ambientes terrestre e marinho, característico de regiões tropicais e subtropicais. São formados em água salobra, resultado do encontro da água do mar com a de rios. O solo desses locais é geralmente lamacento, rico em matéria orgânica, servindo de substrato para o desenvolvimento de vegetações específicas, tolerantes à salinidade e possuindo órgãos vegetativos com adaptação pouco comum. É uma vegetação pneumatófora, ou seja, que respira através das raízes aéreas que ficam acima das águas.

manguezais

Onde ficam?

Calcula-se que, em todo o planeta, existam cerca de 172.000 km² de manguezais, sendo encontrados em 123 países Desse total, cerca de 15%, ou seja, cerca de 26.000 km² de vegetação, distribui-se pelo litoral do Brasil, desde o estado do Amapá até a baía da Babitonga, ao norte de Santa Catarina.

Qual a sua importância?

Economicamente, como o mangue é uma zona úmida, proporciona condições ideais para a reprodução, eclosão, criadouro e abrigo de animais com grande valor não só ecológico, como também econômico. Cerca de 95% do alimento que o homem retira do mar é produzido nos manguezais e pelo menos 2/3 das espécies de peixes exploradas economicamente depende desses ecossistemas. Vários estudos tratam sobre a relação entre a produtividade da pesca das regiões e a conservação dos manguezais, demonstrando que ambos estão conectados, tanto que, em algumas regiões tropicais, a diminuição do pescado esteve diretamente associada à destruição dos manguezais.

Ecologicamente, existem diversas contribuições desse bioma para o meio ambiente:

  • São habitat de várias espécies, como ostras, cavalos-marinhos, quelônios, peixes-boi, alguns tipos de tubarões, moluscos, crustáceos, aves marinhas, mamíferos, répteis, anfíbios e muitos tipos de peixes;
  • Protegem a linha da costa contra a erosão e fenômenos como as ressacas e até mesmo tsunamis. Após o tsunami que ocorreu na Indonésia em 2004, foi provado que as áreas onde haviam mangues foram menos prejudicadas. Isso porque os manguezais formam barreiras que diminuem o impacto da água, sendo assim, o mangue serviu como  “escudo” contra a força das águas que invadiram a parte continental. A contenção da erosão natural (causada por tempestades, correntes, ondas e marés) que ocorre em regiões costeiras é uma característica do mangue;
  • O manguezal filtra a água do mar melhorando sua condição. Suas raízes aéreas retêm nutrientes, o que os tornam um berçário importantíssimo;
  • São ecossistemas de carbono azul, que são ecossistemas responsáveis por capturar e armazenar carbono. Os mangues sequestram dióxido de carbono (CO2) da atmosfera, amenizando assim o efeito estufa. Dessa forma, os manguezais tem um importante papel na luta contra as mudanças climáticas. Entretanto, os manguezais estão sendo eliminados a uma taxa de 2% ao ano. Especialistas estimam que essa destruição leva a emissões de carbono, que representam até 10% das provenientes de degradação ambiental – apesar dos manguezais cobrirem apenas 0,7% da cobertura da terra.

Ameaças aos Manguezais:

  • Extração descontrolada da vida marinha;
  • Uso da madeira para lenha e outros;
  • Aterramento para construção de casas de veraneio, marinas, portos, etc;
  • Fazendas marinhas, como as que criam camarão (carnicultura). O mangue é extirpado para dar lugar a tanques de reprodução;
  • Agricultura muito próxima ao manguezal, haja visa que quando chove, a água da chuva acaba levando os agrotóxicos ao mangue;
  • A poluição, de forma geral, representa uma ameaça aos manguezais.

Gostou? Para ler mais matérias do Blog do QG, clique aqui!

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp