Como fazer um plano de estudos: dicas para organizar o aprendizado

Veja como fazer um plano de estudos personalizado

Como fazer um plano de estudos: imagem de uma mão marcando com um lápis os horários de estudo impressos em uma folha de papel

Você tem ideia de como fazer um plano de estudos? Este documento facilita bastante o aprendizado em diversas matérias e conteúdos e ainda traz outros benefícios, como maior disciplina, organização, foco, concentração e até mesmo mais motivação.

Porém, existem muitas dúvidas quanto a sua elaboração, como o tempo que precisa se dedicar para os estudos, a divisão das matérias etc. 

A verdade é que o plano de estudos não precisa ser feito de uma única forma, mas deve corresponder com a realidade de cada estudante.

Neste artigo, vamos explicar o que é um plano de estudos, qual a sua importância e algumas dicas para que você possa elaborar o seu de forma personalizada. Vamos lá?

Créditos da imagem: AndreyPopov/DepositPhotos

O que é um plano de estudos? 

O conceito desenvolvido em torno do que é um plano de estudos é muito mais amplo do que a simples construção de um cronograma contendo os dias da semana, horários e disciplinas a serem estudadas.

Sua organização serve para você conseguir estudar o que realmente importa. Ou seja, faz com que o rendimento das suas horas de estudo aumente consideravelmente.

Portanto, se você pensa em fazer a prova do Enem, da escola ou algum outro tipo de avaliação, é interessante desenvolver essa organização, para que você possa contemplar todas as disciplinas necessárias para estudar, assim como o tempo que irá se dedicar a elas.

Isso é importante, pois você observará a sua dificuldade em cada matéria e definirá uma estratégia para melhorar as suas notas finais, seja revisando conteúdos, fazendo exercícios etc.

Também não importa a modalidade de estudo, se individual, com um colega ou pela internet. Ao fazer seu plano de estudos, você traça seus objetivos para alcançá-los mais rápido, bastando ter autodisciplina e determinação para isso.

Qual a importância do plano de estudos?

Conforme alguns estudos da neurociência, nosso cérebro funciona da mesma maneira que um músculo e também precisa se exercitar.  Por isso, um bom plano de estudos pode ajudar você a economizar tempo, aumentar sua concentração e motivação.

Além disso, ele também colabora com a disciplina, evitando a procrastinação, que sempre tenta aparecer na hora de estudar, não é mesmo?

Sendo assim, um plano de estudos é importante porque:  

  • ajuda a cumprir suas obrigações com o aprendizado de maneira organizada;
  • é um método de estudo personalizado, pois não há um modelo único e correto para todos os estudantes;
  • desenvolve a autoavaliação sobre o cronograma e o gerenciamento de tempo nos estudos;
  • permite visualizar como a quantidade de tempo para os estudos é diferente para cada disciplina;
  • torna a meta do seu aprendizado visível, de modo a maximizar sua produtividade e tempo.

7 dicas de como fazer um plano de estudos do seu jeito

Depois de saber o que é um plano de estudos e a sua importância para o aprendizado, veja algumas dicas de como fazer um plano de estudos conforme a sua realidade.

1. Determine a quantidade de horas para estudo disponíveis

Esse é o primeiro passo para você saber quanto tempo pode se dedicar aos estudos. Aqui, é interessante que você observe com muito detalhe todos os seus aspectos da sua rotina, para estipular os próximos passos. 

2. Analise as disciplinas a serem estudadas

Ao identificar todas as disciplinas, você irá verificar seu nível de facilidade ou dificuldade em cada uma das matérias. Vale lembrar, que também é preciso considerar o peso que elas têm nos vestibulares, por exemplo. Isso fará com que você se esforce no que é mais importante.

3. Defina o tempo a ser dedicado para cada matéria

Agora que você já sabe quais matérias e suas respectivas dificuldades, estabeleça a melhor divisão de tempo de estudos para elas. Lembre-se que você pode variar entre 1 hora até 2 horas e 30 minutos cada uma. Ao contrário, estudando uma matéria mais que esse tempo, em um único dia, você corre o risco de não memorizar e aprender bem os conceitos.

4. Intercale disciplinas diferentes para estudar

Outra dica essencial de como fazer um plano de estudos é intercalar todas as matérias ao longo da semana para que, assim, você tenha um estudo melhor espaçado. Isso vai gerar bons resultados, inclusive nas notas finais.

5. Evite programar matérias que usam o mesmo lado do cérebro 

Essa dica é muito parecida com a anterior, porém, aqui, você vai intercalar as matérias, como cálculo/raciocínio e outra de memorização/teoria. Assim, você estará estimulando e absorvendo conhecimento em um lado do cérebro, enquanto o outro descansa e se prepara para receber outros conhecimentos.

6. Use o final de semana para descansar

Para ter um plano de estudos eficiente, ao qual você realmente aprenda, procure utilizar seu final de semana para se divertir e fazer outras atividades. Lembre-se: descansar é fundamental para o aprendizado! Além do mais, nesses momentos também é possível reter bastante conhecimento e aprendizado. 

7. Conte com uma plataforma virtual

A nossa última dica de como fazer um plano de estudos é contando com o auxílio de plataformas virtuais. Afinal, a tecnologia está aí para ajudar, não é mesmo?

Algumas plataformas possuem excelentes videoaulas sobre todas as matérias, aulas on-line, materiais para complementar os estudos, realização de simulados das provas, correções de redação com ótimos feedbacks, orientação vocacional e muito mais! 

Além de preparar você com o todo o conteúdo que cai nos grandes vestibulares do país, ainda há a melhora física e emocional para a maratona dessas provas.

Esperamos que as dicas de como fazer um plano de estudos ajude na elaboração do seu! Se você ainda precisa de um empurrãozinho para estudar, leia nosso artigo para manter a motivação nos estudos!

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp