today-is-a-good-day

Veja as regras de uma redação e melhore a sua produção escrita

Regras de uma redação: imagem focalizando uma mão escrevendo com uma redação em uma folha de papel

Você sabe quais são as regras de uma redação? Todo estudante que está se preparando para fazer o Enem e outros vestibulares precisa conhecer bem sobre ela. Afinal, a redação ajuda muito na pontuação geral.

Dessa forma, não é recomendável chegar no dia da prova achando que sabe todas as técnicas de produção textual sem ter tocado no papel. Por isso, é preciso treinar bastante para não cometer erros e perder pontos por não cumprir algumas normas. 

Neste artigo, vamos apresentar 10 regras de uma redação para ajudar você a conquistar uma excelente nota! Vamos lá?

Créditos da imagem: AndreyBezuglov/DepositPhotos webbanki.ru

As 10 principais regras de uma redação 

Ter atenção aos textos motivadores, não fugir do tema, seguir a estrutura do gênero e não ultrapassar e nem escrever menos do que a quantidade de linhas necessárias são algumas das regras de uma redação. A seguir, veja as 10 regras que listamos para você saber antes de começar a escrever!

1. Textos motivadores

Também conhecidos como textos de apoio, eles correspondem a uma coletânea textual, onde estão inseridas informações importantes para compreender o tema em questão. Podem ser apresentados de forma escrita, gráficos, charges e imagens. 

Vale ressaltar que você não deve copiá-los na sua redação, mas utilizá-los como ponto de partida na compreensão da proposta temática para elaborar a sua argumentação. 

2. Tema proposto

Entre as regras de uma redação, uma das mais importantes é não fugir do tema proposto para não correr o risco de receber um zero bem redondo. Ou seja, é preciso se atentar ao que está sendo pedido e não abordar assuntos que não têm relação com o tema. 

Outra forma é a fuga total, se o tema for “desafios para combater a intolerância religiosa”, não vai adiantar de nada se você produzir um texto incrível, com diversos argumentos fortes, mas falar sobre o racismo, por exemplo. 

3. Estrutura da redação

Dependendo do vestibular, o gênero cobrado pode sofrer alguma alteração, mas no caso do Enem, por exemplo, em que é preciso escrever uma dissertação argumentativa, é preciso apresentar argumentos para defender sua tese, conforme o tema proposto pela redação. 

Portanto, é imprescindível seguir as regras de uma redação no que diz respeito à sua estrutura, formada geralmente por:

  • introdução: corresponde ao parágrafo inicial da sua redação. Ela tem o objetivo de contextualizar sobre o assunto a ser discutido ao longo do texto;
  • desenvolvimento: são os parágrafos em que se apresentam os argumentos que defendem a tese. Seu objetivo é o de convencer o corretor sobre o seu posicionamento; 
  • conclusão: parágrafo que finaliza a redação. Deve fazer relação com a tese e os argumentos expostos, para assim, propor soluções para os problemas abordados. 

4. Quantidade de linhas

Na hora de escrever seu texto, mais uma das regras de uma redação que você precisa dar atenção é quanto ao número de linhas. 

Assim, você precisa atender todas as partes do texto: introdução, desenvolvimento e conclusão no espaço máximo estipulado. No caso do Enem, não se pode ultrapassar 30 linhas, nem escrever menos que 7. 

5. Título

Quanto ao título, alguns vestibulares exigem a sua escrita e outros não. No caso do Enem, ele é facultativo, dessa forma, você pode optar por colocá-lo ou não no seu texto, pois isso não vai alterar a sua nota. 

Mas é importante destacar que, se colocado, ele é contado como linha. Assim, você terá menos espaço para produzir sua redação, além de gastar alguns minutos para pensar e elaborar um título atrativo para o texto. 

6. Proposta de intervenção

Outra dentre as regras de uma redação é a elaboração de uma proposta de intervenção para o problema apresentado pela sua tese.

É preciso propor a solução para o problema abordado, determinar seus agentes, mostrar respeito aos valores humanos e considerar a diversidade sociocultural. 

7. Caneta 

Sabe aquele meme da “caneta azul”? Esqueça! No dia da prova, além dos documentos obrigatórios, leve com você somente a caneta esferográfica de tinta exigida pelo edital do vestibular ao qual você está prestando. 

Uma dica é deixar o seu estojo pronto, antes do dia da prova, com duas ou mais canetas para não correr o risco de alguma ficar sem tinta na hora de escrever. Não se esqueça que, dentre as regras de uma redação, lápis, lapiseiras e outros tipos de caneta também podem ser desnecessários durante a realização do exame.

Portanto, leia o edital com atenção para saber quais materiais são permitidos. 

8. Nome 

As regras de uma redação também estabelecem que o espaço do texto é somente para ele. Isso quer dizer que você não pode colocar seu nome acima, abaixo ou na área determinada para a escrita da sua redação.

Mas não se preocupe com a sua identificação, sua assinatura deve ser feita em local designado para isso.

9. Norma padrão 

Muito cuidado para deixar passar alguns equívocos, como ortografia, gramática, pontuação, traços de oralidade etc ao escrever. Da mesma forma, atente-se para que a sua caligrafia esteja legível para o corretor. 

Todos esses detalhes referem-se à construção do texto. Por isso, eles também fazem parte das regras de uma redação.

10. Revisão

Por fim, para que seu texto esteja dentro das regras de uma redação, leia o seu rascunho atentamente antes de passar o texto para a folha definitiva. 

Ao fazer este procedimento, é possível organizar melhor a sua redação, corrigir alguns erros e acrescentar um ou outro detalhe para que ela tenha mais coesão e coerência.

Contudo, se você acha que não se sente preparado para essa tarefa, é possível contar com plataformas de cursos e correções de redação, que vão revisar seus textos seguindo os mesmos critérios dos vestibulares. Além disso, os feedbacks dos corretores vão ajudar você a perceber os pontos fortes e também fracos, que precisam ser melhorados nas próximas produções.    

Pegou quais são as regras de uma redação? Agora, siga o próximo passo e leia nosso artigo com dicas para estudar a redação e mandar bem nos vestibulares!

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp